Viagem

{Guia} E as passagens, como faz?

(aka “como comprar passagens com valores acessíveis?”)

Esse post faz parte da série Marinheira de Primeira Viagem, onde conto um pouquinho sobre meu planejamento e a viagem dos meus sonhos para a Europa (minha primeira viagem internacional, organizada de forma totalmente independente, praticamente um mochilão).

Depois de ter decidido viajar, ter pesquisado bastaaaante e ter definido quando e pra onde você vai, agora chegou a hora de o sonho começar a se concretizar: a compra das passagens. Todo mundo sabe que este é o custo que mais impacta no orçamento de um viajante mão de vaca.

Existem vários sites que dão diconas de como conseguir passagens aéreas mais baratas mas meu preferido foi o Melhores Destinos. Diariamente o site é atualizado com promoções de passagens aéreas para os mais diversos lugares (internacionais ou não). Foi através de um post lá que consegui comprar as nossas 😉
Três tópicos sensacionais do site:
Como encontrar passagens aérea promocionais
Qual a lógica dos preços das passagens aéreas
Com qual antecedência deve-se comprar a passagem
Entre outras informações, esses posts explicam que frequentemente não adianta comprar a passagem com 10 meses de antecedência: nessa época as companhias aéreas ainda não estão preocupadas em lotar os vôos, dificilmente haverá uma promoção.

Como saber se a passagem que eu quero abaixou o preço?

A primeira coisa que fiz foi criar alerta no Skyscanner para receber e-mail se as passagens que eu queria estivessem num preço mais baixo (nesse tutorial do próprio site indica como fazer isso no primeiro).
Problema: lá não dá pra criar um alerta com múltiplas cidades =/ (explico mais abaixo)
Para as passagens Brasil – Europa, o site só me ajudou a ter uma noção do valor, mas para a passagem Londres – Roma, só descobri a companhia com menor preço (Monarch) porque pesquisei lá antes.
Muitas vezes a quantidade de passagens com preço promocional é pequena e o recebimento de e-mails desse método é diário, então eu poderia ficar sem saber da promoção.

Mas qual a solução então?

Eu seguia alguns passos que vou descrever abaixo. Não me achem louca, nem nada, mas eu realmente queria pagar menos do que R$2.000 nas passagens, então me esforcei muito para isso XD

1) Diariamente, logo cedo, eu olhava a cotação do dólar (sim, infelizmente as passagens, ainda que sejam para um país cuja moeda seja o Euro, são cobradas em Dólares) e acessava o site de promoções. Com um dólar a quase R$3, passagens para a Europa por cerca de R$2.000 já são consideradas promocionais. Se não tivesse nada pra onde eu quisesse, eu ia no Decolar e no Skyscanner e via os menores preços.

2) Sabendo quais companhias tinham os melhores preços, eu testava uma a uma as datas possíveis para minha viagem dentro do site da própria companhia. Sim, eu sei, um saco.
Usei MUITO o site da Iberia e da British Airways (são parceiras, mas geralmente na Iberia as mesmas passagens tem preço menor) e da TAP para isso. Lembram que falei da flexibilidade de datas? É aqui que ela entra como fator de economia. Sabiam que viajar numa sexta e voltar num domingo geralmente é mais caro? Você tem que ir testando para descobrir, cada companhia tem seus critérios.

3) Depois de entender melhor os preços de cada companhia, eu fazia as jogadas entre as cidades de chegada e partida.
Lembram que decidimos por Londres, Paris e Roma? Então, para evitar um desgaste maior, decidimos pousar por uma cidade e decolar de outra. Para a compra de passagem, isso se chama “múltiplas cidades”, geralmente está indicado no campo de busca se você quer partir e chegar da mesma cidade ou de cidades diferentes.

O que tiramos de lição disso tudo?

É possível, sim, viajar gastando pouco se você pesquisar MUITO. Essa é a maior dica que posso dar 🙂

Comprei as nossas passagens após ver uma promoção de Natal da TAP no Melhores Destinos, por US$ 599 + taxas (convertendo saiu cerca de R$1900, ida e volta, já com taxas inclusas), em 5 suaves prestações heh. Isso foi no dia 23/12/14, um baita presente de Natal, hein? XD

Agora é só esperar a data (faltam 8 dias, SOCORRO!) e fazer as malas, vem!

Previous Post Next Post

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply Bia 8 de maio de 2015 at 18:18

    Olá 😀

    Nossa acho que a parte das passagens é a mais estressante! Da muito trabalho e também logo depois que vc compra surge uma promoção huahuauha isso me deixa loucaaa!!

    Ta chegando a hora hein!!

    bjão!
    My recent post A melhor invenção de todos os tempos!

  • Reply Ana 9 de maio de 2015 at 02:11

    Essa, pra mim, é a pior parte.
    Estou nessa fase porque quero viajar em dezembro e acho um saco ter q checar todo dia o melhores destinos e os sites de venda de passagens. ahhahah
    My recent post Clica aí, colega! #18

  • Reply Simone Paulino 9 de maio de 2015 at 23:54

    Ótimas dicas. Tem mesmo que se planejar. Eu preciso ser mais organizada se quiser fazer uma viagem assim rs
    Bjus e carinhos, fica com Deus
    My recent post Conhecendo Marina Colasanti

  • Reply Janaina Silva 27 de maio de 2015 at 09:32

    Oi Li! Quanta dica bacana ^-^
    Parabéns pelo capricho e pela iniciativa de criar essa série de posts! Vai ajudar muito.

    Um bjao cunha
    Hora do chá! http://www.ochacomamigas.blogspot.com.br

  • Leave a Reply