Viagem

Paris – Palácio de Versalhes

Esse post faz parte da série Marinheira de Primeira Viagem, onde conto um pouquinho sobre meu planejamento e a viagem dos meus sonhos para a Europa (minha primeira viagem internacional, organizada de forma totalmente independente, praticamente um mochilão).

Se no primeiro dia (13 de maio) fomos somente na Catedral de Notre de Dame, nosso segundo dia foi beeem cheio 🙂

O tal do Château de Versailles (ou Palácio de Versalhes, em português) era outro dos lugares que eu queria muito conhecer durante minha estadia em Paris, por conta desse post da Ana Carô. Como o Daniel não tinha estado lá na outra viagem que fez, seria um passeio inédito para ambos. Muita gente não sabe mas o palácio não fica, de fato, em Paris, mas em… tchanananam… Versalhes sou besta, beijos que era, na real, uma aldeia rural antes do palácio chegar por lá, por volta de 1660. Era a residência real do antigo regime da França.

Para chegar até Versalhes, fomos do nosso hotel de metrô até a estação Montparnasse (direção Mairie de Montrauge), lá pegamos um trem na direção Chartres e descemos na estação Versailles-Chantiers, onde tinham folhetos explicativos (e uma atendente muito bacana que mesmo sem falar inglês nos ajudou escrevendo as linhas que tínhamos que pegar para ir até a Torre na volta). Aí foi só caminhar uns 10 a 15 minutos e chegamos ao castelo 🙂 Mas ó, existem várias formas de chegar, tudo depende de onde você estiver hospedado. Ah! Como falei em outro post, para esse dia, usamos o passe Mobilis, pois iríamos até a zona 4 e o ticket t+ não iria funcionar.
Aparentemente ao sair da estação, nós seguimos pela rua paralela ao vuco-vuco porque estava calminho, calminho. Só vimos a renca de turistas quando chegamos bem próximo aos portões dourados (e lindos) do palácio.



Fomos em uma quinta-feira (14/05) e não chegamos tão cedo quanto eu gostaria (acho que descemos do trem por volta das 10h) então os aposentos estavam beeeeem cheios (num nível “irritantemente cheios”). Só sei que levamos umas 3h para passear pelo palácio todo. O ingresso que compramos não dava direito à entrada nos jardins (ainda acho que fui enganada mas ok, decidi não arrumar encrenca por conta disso) e optamos também por não visitar o Petit e o Grand Trianon, onde ficavam os domínios de Maria Antonieta. No fim, acho que foi uma boa, tivemos a tarde toda livre e não sei se eu teria tido paciência de visitar mais palácios nesse mesmo dia.



A parte mais bonita do palácio é, com certeza, a galeria dos espelhos (também era uma das alas mais lotadas) e justamente dessa ala não tirei uma foto sequer, #epicfail. Também adorei os lustres dos aposentos. Gente, quanta pompa, quanta riqueza. Não dá pra imaginar isso nos dias de hoje (se bem que acho que o povo mais high society deve ter coisas nessa vibe também).
Enfim, o passeio valeu muito a pena, principalmente porque era novidade tanto pra mim quanto pro Dan.

Funcionamento: das 8h às 18h45min
Entrada: a partir de 10 euros (para maiores informações de qual ticket comprar, aconselho consultar esse post do Conexão Paris)
Localização: Place d’Armes, 78000 Versailles
http://www.chateauversailles.fr/homepage

Saímos de lá morreeeeeendo de fome mas não queríamos almoçar comida. Foi aí que avistamos um mercado Dia do outro lado da rua. Entramos e encontramos a melhor baguete que comemos na vida por uns 60 centavos *-* Aproveitamos e compramos também suco, água e uma pasta de ervas finas que parecia um cream cheese temperadinho, uma delícia. Fomos cortando a baguete com a mão mesmo e potchando* nos potinhos. Que delícia! Viemos no trem comendo isso e foi, tipassim, o máximo. Aproveitamos pra comprar chocolate também porque, afinal, ninguém é de ferro XP (inclusive, ainda tenho uma barra desse de fabricação própria do Dia e tô morrendo de dó de comer)
*potchar: ato de molhar algo (geralmente alimento) sólido em alguma substância líquida ou pastosa. Uso em frases: “ela potchou a bolacha maizena no leite” ou “adoro potchar pão amanhecido no creme de legumes”, entenderam? rs

Nesse mesmo dia ainda fomos conhecer a Torre Eiffel (debaixo de uma chuva desgranhenta), o Arco do Triunfo (que friiiio!), a Champs Elysee (esperava mais!) e a Sacre Couer (linda, linda, linda), vejam que produtivo! Aguardem 🙂

Previous Post Next Post

You Might Also Like

17 Comments

  • Reply Tatiana Nais 14 de agosto de 2015 at 12:00

    Nem preciso dizer que achei o lugar maravilhoso, né? <3 Você tá aumentando muito rapidamente minha vontade de conhecer Paris. Mas o que eu realmente queria comentar é: ri demais com a sua definição de potchando. hahahaha

  • Reply Mariana Morett 14 de agosto de 2015 at 20:57

    Gente, que coisa mais linda, sério! Vamos fazer um #bandiloucameeting em Paris? Hahahaha!
    E enquanto você fala potchar, aqui em casa falamos patchotchar, hahahaha

  • Reply Marcela 14 de agosto de 2015 at 23:55

    Ai, meu pai, isso é uma série? Vai ter mais?? Amei demais ver um pouco mais do Palácio de Versailles. Sempre vi só as fotos do que tem fora, mas o que tem dentro nunca tinha visto e olha… babei!!! Esperando ansiosa pelo próximo post da série. Beijos! http://mahjestic.com/blog

  • Reply Mariana 15 de agosto de 2015 at 14:47

    Que luxo! Que ostentação! Que riqueza! Valeu a pena esperar pelo teu post e olha, não me arrependi. Fora que coisa linda você explicar bonitinho como chega. <3 É muito dinheiro e não consigo imaginar como esse povo vivia (apesar de já ter assistido Maria Antonieta umas par de vez). Não duvide, deve ter um sheik árabe que resolveu reproduzir Versalhes em Dubai, replicando tudinho. Só ter a grana hahahaha! Minha parte favorita? Comer baguete do Dia com cream cheese de ervas finas! Vocês dois tem uma cumplicidade muito gostosa, é uma delicia de acompanhar!

  • Reply Luly 16 de agosto de 2015 at 00:55

    Socorro meu Senhor que lugar mais maravilhoso de pirar, de surtar, nem sei que outros verbos usar de tão lindo!!!
    É muito louco pensar que pessoas já moraram aí, né? Parece que são cenários que a gente só sonha, que não pode ser real!

  • Reply Simone Paulino 16 de agosto de 2015 at 21:46

    Que mágico! Versalhes parece belíssima!
    Muito bem explicado seu post. Acho ótimo quando as pessoas compartilham experiências.
    Beijos e carinhos e carinhos, fica com Deus. ” target=”_blank”>http://www.aescritora.com

  • Reply Ana 17 de agosto de 2015 at 20:12

    Fala se esse tanto de dourado num lugar só não hipnotiza?
    Coisa mais linda esse palácio. LINDOOOOO. A sala dos espelhos, gente, que que é aquilo?
    E minhas fotos ficaram péssimas, cheias de gente. 🙁

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:47

    Eu tive que definir porque imaginei que não era de senso comum esse vocabulário que minha família tanto gosta heh

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:47

    Aqui tbm falamos "patchocheira", que é uma baguncinha, uma lambança =P

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:49

    É uma série sim, Mah! Estou postando toda sexta-feira sobre a minha viagem, vai ter post até o meio do ano que vem se duvidar rs
    acompanhe por aqui: http://www.belivs.com.br/search/label/Marinheira%
    Obrigada pelo carinho!

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:50

    Espero ansiosa pelo dia de vc embarcar pras bandas de lá pra eu poder ficar compartilhando e palpitando heh
    E eu ri do sheik reproduzindo Versalhes em Dubai. É uma coisa de louco pensar nisso, né?

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:51

    Nossa, Luly, nem me fale! Você olha pras camas e fica pensando que a realeza dormia lá há trocentos anos… é muita riqueza.

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:51

    Eu sentia falta de ver as pessoas jogando a real nesse tipo de relato, sabe? Tentei ir por esse lado, a vida como ela é!
    Obrigada, Si. amém!

  • Reply Livs 19 de agosto de 2015 at 21:52

    Hipnotiza, Ana! Quando vi os portões de longe já fiquei Oh-my-Goood (tipo a Janice de Friends rs).
    Nossa, é muito lotado! Eu devia ter ido de tarde, li que é bem mais vazio =/

  • Reply K A H 30 de agosto de 2015 at 22:39

    Meu Deus, que lugar maravilhoso!!! Pena isso de não ter visitado os jardins, já vi umas fotos e são incríveis tb!

  • Reply Grazy Bernardino 1 de setembro de 2015 at 18:10

    Sonho da vida conhecer Versailles e o Petit Trianon (pena que não foram!). Um dia a historiadora aqui vai! Enquanto isso babo nos seus posts, hehehehehe.
    Beijão

  • Reply Links da Semana #37 | Chat Feminino 7 de maio de 2016 at 21:11

    […] sonho em conhecer Paris e um dos locais que estão na minha lista é o Palácio de Versailles, leia o post e babe nas fotos comigo. […]

  • Leave a Reply