Literatura

“Anexos”, da Rainbow Rowell

Ai, que livro gracinha! <3
Há muito tempo eu queria ler algo da Rainbow (porque só ouço/leio elogios) e esse foi o livro dela com a sinopse que mais me interessou. E que capa gracinha, meu Deus *-*

Lembrando que minhas resenhas são spoiler free, ok?

A história se passa em Nebraska (quem mais lembrou da Penny de TBBT? rs) no ano de 1999, quando a internet e tudo que a cerca ainda eram novidade. Basicamente acompanhamos em capítulos intercalados a história de Lincoln e os e-mails trocados entre Beth e Jennifer, respectivamente uma crítica de cinema e uma redatora de um jornal. Ele trabalha neste mesmo jornal, mas longe de tudo, praticamente no porão, no departamento de Segurança de Informação, com uma função um tanto quanto curiosa: ler e-mails dos outros funcionários e reportar caso estejam utilizando o correio eletrônico da empresa para fins não profissionais (quem nunca usou, né? Heh).

Pequeno parêntesis: achei engraçado ler algumas resenhas após escrever a minha em que os blogueiros diziam que a história só faz sentido porque se passa anos e anos atrás. Gente, discordo totalmente e já explico: eu e as demais do bandilouca trocamos e-mails diariamente há uns 3 ou 4 anos (muitas vezes ultrapassamos as 100 mensagens num único dia) mesmo em tempos de Whatsapp. Inclusive, não somos as únicas. Então, sim, é totalmente possível ter uma história Anexos wannabe mesmo em 2015, fica a dica.

Lincoln tem 28 anos e é um nerd na essência  adora estudar (a mãe até se preocupa com isso!), ainda mora com a família e passa os finais de semana jogando RPG com os amigos. Uma vida tranquila, sem grandes emoções. Ele é triste, sabe? Sinto que rumando para a depressão. É aquele tipo de pessoa que não sai da sua zona de conforto.
Ah, ele tem uma ex namorada dos tempos de colégio e vamos aos poucos entendendo um pouco mais o que aconteceu com o relacionamento deles (conforme fui lendo fiquei muito curiosa pra saber sobre o fim). Ele trabalha no turno da noite e, como a maioria de nós, não está 100% feliz com o trabalho que tem. É como diz a sinopse do Skoob: Quando ele se candidatou para ser agente de segurança da internet, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja.

Ocorre que o mailchat entre as duas amigas sempre tem palavras que ativam o filtro e vão pra caixa de entrada de Lincoln. Ele vai acompanhando e lendo (afinal, esse é o seu trabalho) e é cativado pelas meninas e pelas histórias delas. E, vejam só: não consegue fazer seu trabalho (que é mandar um e-mail camarada as alertando do filtro para que elas se controlem). Se apega mesmo, uma graça.
Através dos e-mails vamos conhecendo aos poucos sobre a vida das amigas. As dúvida de Jennifer quanto a ter ou não ter um bebê e as dificuldades que Beth enfrenta ao lidar com a personalidade do namorado dela, praticamente um rockstar.

“Toda mulher quer um homem que se apaixone por sua alma, tanto quanto por seu corpo.”

Acho que o mais me cativou no livro é que essa história poderia ter acontecido comigo ou com uma das minhas amigas, entendem? Não o fato do sentimentalismo, mas os e-mails, as conversas, as confissões. Me vi na Beth e na Jen.

Outro ponto é descobrir como Lincoln vai se transformando após alguns fatos (relaxem que não vou revelar) e se descobrindo. E o mais bacana é mostrar que um mesmo sentimento pode nascer somente por ler o que uma pessoa escreve e ir desvendando seu jeitinho por trás disso mas também pode ser totalmente físico, pela aparência, e ainda assim ser verdadeiro do mesmo jeito.

Anexos

(5/5)

Rainbow Rowell
Editora Novo Século
2014
368 página
ISBN: 9788542804515

Acredito do fundo do coração que vocês tem que ler também e abrir um sorriso gigantesco quando descobrirem algo em particular praticamente no meio do livro, assim como eu fiz 🙂
Se eu contar mais do que isso, vou estragar toda a diversão…

“Existem momentos em que você não consegue acreditar que algo maravilhoso está acontecendo. E existem momentos em que toda a sua consciência é preenchida com o conhecimento absoluto de que algo maravilhoso está acontecendo.”

Entra fácil pra lista das minhas melhores leituras de 2015 e me deixou com vontade de conhecer melhor a obra da Rainbow, muito recomendo!

Previous Post Next Post

You Might Also Like

6 Comments

  • Reply Isabele 26 de outubro de 2015 at 22:53

    Eu adorei esse livro. Muito gostosinho de ler. E a vontade de ter um Lincoln? Como lidar? Rsrs
    Beijos.

    • Reply Lívia 27 de outubro de 2015 at 08:15

      Ele é uma graça, né? e só ele não percebe o potencial que tem…

  • Reply Patthy 27 de outubro de 2015 at 08:01

    Leeeeeevea, corrige esse “eu e as demais ban-di-lou-cas” porque bandilouca é coletivo… você não chama de “os bandos” os integrantes de um bando, porque são OS PÁSSAROS. XD
    Enfim, eu acho a ideia geral do livro (das moças se comunicando via e-mail) bastante interessante. Porque, né, rola uma identificação. Mas a parte do moço stalker me incomoda.

    • Reply Lívia 27 de outubro de 2015 at 08:14

      Obrigada pelo toque, foi só então que percebi que não tinha linkado vcs =P

  • Reply Tatiana 27 de outubro de 2015 at 09:28

    Adorei a resenha! Tô com esse livro pra ser lido e depois dessa resenha fiquei ainda mais curiosa. Da Rainbow só li Eleanor & Park, mas comprei Anexos e ganhei Fangirl, então tenho bastante conteúdo dela pra ler e avaliar. Beijo, Lí!

  • Reply Rebeca Stiago 29 de outubro de 2015 at 00:11

    Oiee!! Acredita que nao ouvi falar desse livro? Devo estar mega isolada no mundo! HAHAHA Mas gostei da forma como voce fez a resenha, me interresei pelo livro. Beijo grande.

  • Leave a Reply