Diário

52 objetos: #05

  • O quê: colher de princesa
  • Por quê: tenho desde que me lembro por gente e uso todos os dias!
  • Onde está: na gaveta de talheres
  • De onde veio: de um kit chamado Comer Brincando. Devo ter ganho de presente na infância, mas não lembro de quem…

52 objetos #04: colher de princesa
Não lembro em qual momento da minha vida tive noção de que usava somente essa colher no café da manhã ou pra comer alguma sobremesa, mas hoje até minha família sabe disso e respeita bastante 😛
Me lembra muito da minha infância. De tomar café com minhas avós, comer bolinho de goiabada ou beijo de mulata e mexer meu café com leite com ela. Hoje não adoço mais o café, então uso essa colherzinha mais pra sobremesas. De qualquer forma, se você acordar na minha casa, notará que no meu lugar da mesa, sempre será essa colher que vai estar me esperando… (e não tenho vergonha alguma disso)

De uma coisa vocês podem ter certeza: quando eu sair da casa dos meus pais, minha colher vai comigo 😀

O que é o projeto 52 objetos?

Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui e essa tradução da explicação é da Ana Paula. Pra ver meus outros objetos, clique 🙂

—–x———-x———-x—–

E o feriadão, passaram bem? Meu carnaval desse ano foi bem melhor do que o do ano passado (que também não foi ruim, não, mas o Daniel estava com dengue). Além de nos empanturrarmos almoçando e tomando café da tarde com bolinhos na vó, teve maratona de Dawson’s Creek (pra quem não sabe, talvez meu seriado preferido do mundo todo, junto com Fringe) e foi incrível! Já devo ter assistido a série toda mais de dez vezes mas a cada vez que revejo percebo algo diferente (porque talvez minha cabeça seja outra). É interessante como um seriado de 1998 teve ousadia de tratar certos tabus: iniciação sexual precoce, relacionamentos com mulheres com o dobro da sua idade, casamento aberto… Isso sem contar que dois personagens protagonizaram o primeiro beijo gay em um seriado teen exibido na TV (aliás, é triste procurar por notícias disso e ver reportagens ridicularizando o fato). Fato é que bem o mal, Dawson’ s Creek marcou época. Qualquer hora preciso fazer um post-análise dos motivos de o true love da Joey ser o Pacey e não o Dawson, aguardem 🙂

Aproveitei também para separar alguns livros, CDs e DVDs que quero me desfazer (afinal, preciso de espaço: comprei o box de House, finalmente, YAY!) e anunciei no Facebook. Se alguém se interessar, me chamem por lá ou me mandem um e-mail que conversamos 😉

Desapegos

Tem DVD, CD e livro, tudo a partir de cincão!

Fiquei esses dias off pra aproveitar bem e descansar muito, mas agora voltamos à programação normal do BeLivs, combinado?

Um beijo!

Previous Post Next Post

You Might Also Like

25 Comments

  • Reply Amanda Hillerman 10 de fevereiro de 2016 at 15:23

    Ai que coisa fofa!! Eu tinha uma colherzinha de estimação também, era de coelhinhos e eu usei ela todos os dias até ficar adulta. Mas era de plástico e um dia tive que dizer adeus para ela! <3 Mas ela ainda aparece em várias fotos minhas de infância!
    Adorei sua colherzinha hahaha
    Beijos!
    Blog Amanda Hillerman

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:12

      Sempre tem algo que nos marca profundamente, né?

  • Reply Adriel Christian 10 de fevereiro de 2016 at 15:51

    oi, oi.

    que colher fofinha, Lívia! <3 eu já tive muito dessas coisas de só usar um prato, copo e colher por um tempo, mas parei e nem sei o motivo. eu adorava comer naqueles pratinhos que a minha mãe comprava o kit (colher, copo e pratinho). o mais legal era que o prato tinha lugar pra colocar o arroz e tals, daí, pensa na bagunça na hora de comer… sdds!

    fui lá ler o post falando sobre a colherzinha de princesa e fiquei chateado por nunca ter nada igual. sou desses que emburram por qualquer coisa. hahaha.

    aguardando os próximos itens! bjs! 🙂

    Não me venha com desculpas

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:12

      Sei bem de quais pratinhos ta falando! AHAHAH

  • Reply Pitacos e Achados 10 de fevereiro de 2016 at 16:19

    Eu ainda tenho a minha guardada. Lá se foram mais de 40 anos… Aff

    • Reply juliana 30 de março de 2017 at 13:24

      me vende a colher? whats 21 – 992072651

      • Reply Livs 30 de março de 2017 at 14:02

        desculpe, mas não tenho interesse em vendê-la, obrigada 🙂

  • Reply KARINE 10 de fevereiro de 2016 at 17:30

    Que fofinha a sua colher! Me lembrou uma caneca de alumínio bem velhinha que tem aqui em casa, é do meu irmão e sempre que eu sobrinho de 5 anos vem aqui, ele pede pra beber na caneca do pai dele, hahaha. E meu carnaval foi assistindo filmes e começando a rever gilmore girls <3

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:14

      owwwnti! Quem sabe um dia ele se lembre assim como eu, né? *-*

  • Reply Rebeca Stiago 11 de fevereiro de 2016 at 01:42

    Oii Livia! Caaaaraaaca, acho que ainda neeeem vende mais esse kit de talheres ne? Muuuito fofo. Acho que todos tinham.. e quando vi pensei “ele nao tem ainda, teeeeeem??” HAHAHAAHAHAHA. Era uma festa a hora de comer.. Nostalgia bateu forte agora.. =D Beeeeijos

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:14

      Acho que não tem mais, uma pena, viu? Beijo!

  • Reply Lari 11 de fevereiro de 2016 at 09:26

    Adoro essas peças da infância!
    Vou te contar um segredo, hahaha! Aqui em casa tem dois garfinhos menores. Parecem com os de criança, mas não tão pequininhos, talvez. Eu só almoço com eles até hoje.

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:29

      Ai, então você me entende \o/

  • Reply Patthy 11 de fevereiro de 2016 at 15:10

    Minha colherinha dessa sumiu. Lá em casa tinha dois conjuntinhos, mas o que ficava nas coisas da minha avó já faltava a colher havia tempos mesmo quando eu era criança. Acho que o garfo e a faca ainda estão lá em casa, mas eu nunca usei porque 1. o garfo não espeta 2. a faca não corta. Tem uma outra colher em casa mais ou menos do mesmo tamanho, essa eu uso sempre para comer sobremesa.
    Mas viu, eu estava observando a foto do Bazar da Livoneta (“onde as ofertas são porreta” – sóri, sou dessas que dá nome a tudo) e fiquei intrigada com o cd da Capricho. Comecei a pensar que era cd da trilha sonora até me lembrar que Capricho não era novelinha tipo Malhação, mas sim revista. HAHAHAHA Que vergonha, eu que li tanto tempo! (Mas a vergonha não é tão grande quanto a vontade de compartilhar a graça da historinha.) Mas enfim, é coletânea de sucessos da época?

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:41

      Tbm tenho o garfo e a faca mas cê tem razão: o garfo não espeta e a faca não corta =P
      Sobre o cd da Capricho é de sucessos da época, sim. Tem Falamansa, Família Lima e Twister <3, por exemplo XD

  • Reply Náthaly 11 de fevereiro de 2016 at 16:00

    Eu tinha uma colher dessas, aliás um conjunto todo. Na hora que vi a foto veio uma lembrança boa. Tem pequenas coisas que marcam tanto a nossa vida 🙂 Eu comprei um conjuntinho assim para o meu afilhado, espero que ele tenha boas lembranças assim como eu tenho. Um beijão!!!

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:46

      Ah, com certeza terá, Nathaly!

  • Reply Isabele 11 de fevereiro de 2016 at 21:24

    Que colherzinha mais fofa, gente. 🙂
    Me diz uma coisa, o que é beijo de mulata?
    Bjss

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:46

      AHAHAH É um docinho daqui de SP (acho). Ele é como se fosse um bolinho. Depois de frito é passado em uma “clada” de chocolate em pó e côco, uma delícia!

  • Reply Luly 12 de fevereiro de 2016 at 11:53

    Esse foi o objeto mais fofo da história dos 52 objetos! Amei, amei a nostalgia, a história, deve ser uma delícia olhar pra ela e pensar na baby Livs usando na época e igualzinho à big Livs!
    Eu também tinha meus talheres de estimação, de metalzinho e tudo mais, mas eles eram com o cabo em forma de Mickey, Minnie e Pluto. Se não me engano a colher era a Minnie, hihihi.

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:48

      Aiii, Luly, Obrigada <3
      E que fofo os seus, até consigo imaginar *-*

  • Reply Paloma Silva 12 de fevereiro de 2016 at 16:27

    Eu também tenho essa colher!!! hahahahaha e também tenho ela desde que me entendo por gente, mas minha mãe disse aqui que a colherzinha está comigo desde que comecei a comer “papinha”. Que coisa fofaaa <3

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:49

      Aê! Não sou a única, sabia XD

  • Reply Milena Maciel 15 de fevereiro de 2016 at 14:40

    Que colher mais fofa! Amo esses objetos que nos fazem ficar nostálgicos, lembrar dos velhos tempos <3
    No carnaval não vi séries, mas aproveitei bastante! E eu também tô precisando desentulhar uns livros aqui em casa.

    Bjs
    oh, wow, lovely ❁

    • Reply Lívia 18 de fevereiro de 2016 at 13:49

      Logo vou desentulhar mais coisas, viu? Sou #aloka do desapego!

    Leave a Reply