Diário

Desafio 52 semanas #08: Melhores filmes infantis

01Tem alguém aí? 😛 Me perdi no tempo em Abril, fiz um milhão de coisas (show do Elton John, mudança da amiga pra Austrália, avaliações da faculdade, maratona de Crazy Ex-Girlfriend, etc) e acabou que não postei 🙁 Mas estamos aí, tentando retornar.

Inclusive, queria compartilhar com vocês que publiquei meu primeiro vídeo no YouTube, uma TAG sobre a faculdade que estou cursando (Licenciatura em Letras Português e Inglês EAD). Sou n00b nesse mundo ainda, mas vou ficar muito feliz se você tirar 10 minutinhos do seu tempo para assistir e talvez até participar nos comentários 🙂

Mas vamos a mais um tema do desafio das 52 semanas? (que tá atrasadíssimo, diga-se de passagem) Parei aqui pra pensar e assisti poucos filmes infantis live action. A maioria foi desenho animado mesmo, desculpaê.

Para acompanhar todos os meus posts do desafio 52 semanasclique aqui.

O Rei Leão
Não tem jeito: minha animação preferida da vida. Lembro de ter ido ao cinema assistir com a minha tia, acredito que tenha sido a primeira animação que vi na telona. (gente, nasci em 87, para vocês terem uma ideia os primeiros filmes que vi no cinema foram Lua de Cristal da Xuxa em 90 e outro dos Trapalhões que já não me lembro, veja bem)
Meus pais me deram o VHS original (era uma fita na cor verde) e eu devo ter assistido quase diariamente até o final dos anos 90 praticamente. A história me pegou de um jeito que continuo me emocionando ainda hoje. Sei as falas quase todas e vivo quoteando algo do filme na vida real. A forma como o Simba teve que amadurecer, a amizade que nasceu com Timão e Pumba, a força que a Sarabi teve que ter enquanto o filho estava longe, o Rafiki (ai, o macaco <3), enfim, tudo no filme é uma metáfora da nossa sociedade. Tenho vontade há tempos de ler Hamlet, de Shakespeare, para entender melhor a inspiração da Disney.
Talvez uma das minhas cenas favoritas seja essa:

A Bela e a Fera
Por conta do lançamento do live action esse ano, esse filme tá todo hypado, né? Sei que há muitas controvérsias, mas eu acho a história muito bacana e não fico problematizando a relação entre eles, não. O que mais me marca no filme, muito mais do que o romance, com certeza, é como a Bela quer ir muito além do caminho que todos esperam que ela siga. Eu tinha esse desenho gravado em um VHS, juntamente com Pinóquio, Bambi (socorro, choro demais), Aladdin e O Retorno de Jafar. Quando não era a fita de O Rei Leão que estava no videocassete, com certeza era essa 😉

Aladdin
Quem não quer três desejos e um Gênio prontinho para te atender? Quem não quer se transformar de ladrão a príncipe, hein? Aladdin me marcou muito não necessariamente pela história em si e pelo longa metragem, mas muito mais pela série de desenhos que passava na TV e pelo jogo do Super Nintendo.Mas uma coisa levava a outra e eu acabei assistindo um monte de vezes e me emocionando sempre com “Um Mundo Ideal” <3 Isso sem mencionar o humor incrível do Gênio. Melhor personagem (e melhores fases do jogo também).

Meu Primeiro Amor
Tá, é muito mais um drama do que um filme infantil mas assisti TANTAS VEZES esse filme na infância que não teve como não colocar. É totalmente um “filme de chorar”, não sei por que eu gostava tanto, mas sempre parava para assistir. É uma menina solitária, qu emora só com o pai porque a mãe faleceu pouco após ela nascer. Mostra a relação dela com seu melhor amigo e as descobertas do amadurecimento, sabe? O poema do salgueiro chorão esteve escrito em vários cadernos meus, anos a fio.

Valente
Taí um filme que eu quase parei de assistir de tanta aflição que fiquei em um momento da história (SPOILER: quando a mãe dela vira urso). Juro, me apertou o coração de uma forma que eu queria largar 🙁
Eu poderia colocar aqui simplesmente pelos cabelos maravilhosos da Merida, mas eu contrariaria a própria história, que se baseia em uma princesa que quer definir seu próprio destino. Esse desenho está aqui pela personalidade da protagonista, pela sua força e braveza (e, né, Escócia, for God’s sake!), além dela ser arqueira (minha classe preferida em qualquer RPG), óbvio.


Ufa, acabou! Agora é sua vez: quais os filmes infantis ou que você assistia quando era criança que mais te marcaram?

Um beijo e té a próxima! 🙂

Previous Post

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply Luly 10 de maio de 2017 at 15:23

    FALA DO SHOW DO ELTON JOHN MIGA NUNCA TE PEDI NADA!
    Hahahahahahaha!

    Enfim, foco! Eu amo todos os filmes que você falou, mas vou ter que concordar 100% com O Rei Leão estar em primeiro lugar! Ele sequer é meu favorito, porém o melhor, não tem como negar, que obra de arte!

  • Reply KARINE 11 de maio de 2017 at 14:06

    acho que ‘o rei leão’ foi o primeiro filme que assisti, pelo menos aqui na minha memória é, HAHA eu tb tinha a VHS original, verdinha, e assisti MUITAS vezes ♥ acho que é minha história preferida da infância. e nossa, você me fez lembrar do joo do aladdin, que saudade que deu! joguei demais isso, HAHAHAHA

  • Reply Camila Faria 16 de maio de 2017 at 13:04

    Meu Primeiro Amor. <3
    Também não sei porque, mas assistia sempre que passava na TV. Tristíssimo, mas irresistível!

  • Reply Vanessa Bayer 17 de maio de 2017 at 00:17

    Eu sou tão apaixonada pelo filme “Meu primeiro amor”, acho ele tão fofinho, só não sei se ganha do “ABC do amor”, sério. Esses filmes enchia meu coração de… amor… hahah. Acho que gosto mais deles, do que os de animação da minha infância, apesar de amar muito o da “Pequena sereia”. ♥ Um beijo grande pra ti.

  • Reply Bela 25 de maio de 2017 at 05:36

    Parabéns pelo primeiro vídeo!!! Wee! Vou lá assistir e me inscrever.
    Cursei o mesmo que você mas não em EAD! Boa sorte!
    Se eu pudesse chamar essa lista de minha, colocaria MOANA <3
    A Bela, não a Fera | Youtube Channel | Vem conversar comigo no Twitter!

  • Leave a Reply