Browsing Category

Cinema & TV

Cinema & TV, Diário

Exposição Rá-Tim-Bum, o Castelo

Quem acompanha o BeLivs há mais tempo deve lembrar de quando postei sobre a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum no MIS (Museu da Imagem e do Som) lá no começo de 2015. Foi concorridíssimo para comprar os ingressos, uma loucura, mas ainda assim tive o privilégio de ir duas vezes (e contei tudinho no blog – uma pena que as imagens simplesmente desapareceram). Dessa vez tudo foi acontecendo meio por acaso. Só sei que quando menos percebi, a Kátia tinha comprado os ingressos e essa seria nossa despedida antes do intercâmbio dela: a exposição Rá-Tim-Bum, o Castelo.

Arquitetura Castelo Rá-Tim-Bum

A arquitetura do Castelo foi inspirada por Gaudí, segundo as informações da exposição.

Continue Reading

Cinema & TV, Diário, Música, TAG & Meme

Meme escrito + Desafio 52 semanas #04: Minhas citações preferidas

O post de hoje é um combo! (e um combo atrasado) Como o desafio dessa semana pede que escrevamos citações, achei que seria uma boa junta-lo com a indicação da Kah para eu fazer o meme escrito (me deixa), que tal?

Bora começar pelo meme escrito que consiste basicamente em escrever em um papel nossas respostas a essas perguntas, fotografar e postar no blog depois 😉

Meme Escrito

Sim, não sei tirar foto minha letra é desajeitada e eu não tenho padrão para algumas letras em específico, mas eu gosto assim 😉

Continue Reading

Cinema & TV, Diário, Literatura

Diário do Desemprego: mês 1

(também conhecido por: “que diabos tô fazendo da minha vida?”)

Como contei nesse post, fui demitida em janeiro de uma empresa na qual eu trabalhava há quase 6 anos. Depois do baque inicial e das mini-férias, veio o desespero… é muito o que a Fabi escreveu no maravilhoso guia Ovelha para a recém desempregada: são etapas bem loucas, instáveis, eufóricas e deprês. Inclusive, foco para esse trecho do link anterior que define bem o sentimento em alguns momentos:

“Ser demitida não implica só estar desempregada, com medo de não ter grana para continuar pagando seu aluguel, nem estabilidade para fazer quaisquer planos a longo prazo (embora essas preocupações sejam constantes). Implica também em lidar com um certo tipo de rejeição, com desacreditar na sua competência e ter sua auto-estima duvidada.(Fabi Oda, grifo meu)

Tudo vai ficar bem, só estou um pouco emotiva

Continue Reading

Cinema & TV

3 séries incríveis que eu deixei de assistir (e não sei bem o porquê)

Lembram do meu post com o meme das séries? Então, lá eu disse que assistia a uns 10 seriados e achava pouco mas vocês acharam muito… Imaginem só que eu já cheguei a ver quase 20 seriados ao mesmo tempo, vocês tem noção disso? Rs Acabava que eu nunca conseguia dar conta de ver tudo isso e deixava os episódios acumularem.
Muitas eu desisti das séries conscientemente mas outras e fui atrasando… atrasando… até que, pronto, esqueci. E são das que larguei sem grandes decepções e penso talvez em retomar que venho falar pra vocês hoje, combinado?

Being Erica (2009-2011)
Finalizada, 4 temporadas (dessas eu acompanhei 1 temporada e meia, por aí)

Being Erica

A Erica é gente como a gente, faz umas cagadas gigantescas e tem uma vida cheia de arrependimentos. Aliás, ela faz uma lista com os motivos pelo qual chegou onde está hoje e entrega pra seu terapeuta, o Dr. Tom. A partir daí, ele a faz voltar no tempo e reviver essas situações com a maturidade que tem hoje. Quem nunca quis voltar a ter 15 anos pra não fazer aquela burrada homérica, não é mesmo? Heh É uma série que me divertiu e me emocionou muito. Não me lembro de ter tomado a decisão de largar, viu?
Grau de arrependimento: baixo, não são tantas temporadas, posso ver tranquilamente tudo de novo.

Gossip Girl (2007-2012)
Finalizada, 6 temporadas (acompanhei a primeira e parte da segunda)

Gossip GirlYou know you love me, XOXO. Ai como eu gostava dessa série! Foi uma das primeiras que comecei a baixar pra assistir (pra vocês terem uma idéia, eu baixava em RMVB pelo IsFreeTV #old). Inclusive eu cheguei a ler uns 7 ou 8 livros da série, num celularzinho vagabundo. Não existia epub nessa vida, eu usava um programa e tinha que converter livros que estavam em .txt para .jar (saca o trampo que dava).
Mas, enfim, sobre a série: basicamente se passa com o povinho rico do Upper East Side. Existe uma série de encrencas, romances, traições e uma Dona Fifi fofocando os podres dos riquinhos. Aliás: imaginem se tivesse Whatsapp naquela época… se com SMS já faziam essa encrenca toda, aff. Lembro até hoje do episódio em que toca “Apologize” em uma cena com a Blair e o Nate (enquanto o Chuck, ó: </3).
Eu ACHO que eu larguei porque foi um período em que comecei a ver muuuitas séries e foi ficando esquecida.
Grau de arrependimento: médio, teria que rever do zero de novo, mas seria um guilty pleasure maravilhoso, viu?

One Tree Hill (2003-2012)
Finalizada, 9 fucking temporadas (acompanhei bem umas 7 temporadas)

One Tree HillBasicamente conta a história de Lucas Scott, que sonha em ser jogador de basquete. Nas primeiras temporadas acompanhamos os romances dele (Brucas <3), sua formação no high school e a relação com seu pai, a quem nunca aceitou. Mas depois a série vai amadurecendo, sabe? Tem um salto de tempo entre a quarta e a quinta temporada e mostra a tchurminha toda em sua vida adulta. Ai, eu gostava muito! Era gamada no Clay e no comecinho torcia MUITO por Nathan e Haley. Não, não sei como acabou, não estraguem, por favor.
Curiosidade: foi gravada em parte na mesma locação de Dawson’s Creek e do filme Um Amor pra Recordar. A cidade se chama Wilmington e fica na Carolina do Norte (EUA).
Grau de arrependimento: altíssimo, não lembro de quase mais nada que aconteceu, teria que rever no mínimo a partir da quinta temporada (depois que eles saem do colégio).

Bônus

The Originals (2013) aka “aquela que sei porque larguei mas sinto falta”
Em andamento, iniciando sua terceira temporada

The Originals
Pra mim a melhor temporada de The Vampire Diaries foi a em que a família Mikaelson participou. Eu era gamada no Klaus, o vilão com o sotaque mais bonito da TV e adorava a Rebecca, minha Barbie Vampira preferida. Então era meio óbvio que eu assistisse o spin off com meus malvados favoritos se passando em New Orleans (adoro o clima da cidade! não que eu já tenha ido pra lá mas, enfim). Vi a primeira temporada quase inteira mas acabei cansando da temática. e fiz uma burrada: continuei com a série original (que ficou toda cagada) e larguei esse spin off maravilhoso.
Não vou nem colocar meu grau de arrependimento porque pretendo voltar a ver muito em breve agora que desisti de TVD.

Além de The Originals, eu poderia ainda citar outras que desisti de ver e sei bem o motivo: 90210 (fui desestimulada a ver pelo Alê, que disse que a penúltima temporada foi um porre), Pretty Little Liars (quanta enrolação, meu Deus do céu) e Arrow (desculpa Kátia, sei que vocês amam, mas pra pra mim Oliver Queen digno é só o de Smallville, sou apegada).

Mas me conta: teve alguma série que você desistiu e nem sabe o motivo? Ou alguma outra que se arrependeu e pensou a voltar a ver? Quero saber da watchlist de vocês também!

P.S.: todos os gifs são do Giphys, aquilo lá é um paraíso, benzadeus.

Cinema & TV, TAG & Meme

O meme das séries

Eu adoro seriados! Talvez não seja tão viciada assim, acompanho poucas séries (umas 10 por vez, no máximo), mas gosto muito… então assim que vi essa tag no blog da Mah, corri fazer.
Procurei ao máximo ser spoiler free, ok? Clicando no nome da série você será direcionado à página dela no IMDB para ter mais detalhes, combinado?

10) MISS IT – três séries que acabaram e você sente saudades
– Fringe, a série top 1 desse assunto com certeza. Nenhuma série atual me pegou de jeito como essa. Já revi umas 3 vezes e ainda me emociono e me encanto demais com a história. Como o querido Alê falou na época do seu finale, Fringe é essencialmente uma série sobre amor. Amor que faz alguém ultrapassar a barreira do universo pra ir atrás de quem você ama. Ouso dizer que é minha série preferida do mundo inteiro.

– Smallville também me deixa saudade demais. Não acompanhei em “tempo real” o seriado todo, mas quando terminei de ver tudo já deu vontade de ver de novo. Além de ter sido o primeiro seriado pelo qual eu realmente me interessei e descobri o que era um shipper.

– The Carrie Diaries, que era uma gracinha de se ver e me distraia muito, pena que acabou na segunda temporada…

09) BEST SCENES – 3 cenas marcantes (link para os vídeos com as cenas no nome do episódio, ok?)
– Smallville, “Fever”, episódio 2×16. Chloe lê para o Clark (que está desacordado devido a uma doença que o afetou) uma carta onde conta tudo o que sente. A carta é cheia de metáfora sobre os poderes de Clark (aqui fala sobre as metáforas, em inglês) e a gente sofre junto com o sentimento que a Chloe guarda pra si mesma. Vale a pena a leitura, ainda mais pra quem gosta do mundo do Superman.

– Fringe, “White Tulip”, episódio 2×18. Às vezes eu penso em tatuar essa tulipa branca em mim, de tanto que essa cena mexe comigo. Não sei como falar sobre essa cena sem dar spoiler, assistam por sua conta e risco, ok? Mas resumindo, Walter sabe que fez “algo errado” e pede a Deus um sinal de que foi perdoado, mesmo sendo um cientista ateu. E esse símbolo é uma tulipa branca. SOCORRO, QUERO REVEEER!

– Dawson’s Creek, “…come to an End”, episódio 6×24, é o series finale. Nossa amada (e algumas vezes odiada) Jen Lindley faz uma gravação para alguém especial e me traz um ensinamento pra vida toda: “And then there’s love. I want you to love to the tips of your fingers, and when you find that love, wherever you find it, whoever you choose, don’t run away from it. But you don’t have to chase after it either.” Não posso contar mais, mas como eu chorei, meu Deus do céu.

08) BEST CAST – elenco favorito
– Friends <3 não sei porque, mas tenho a impressão de que eles se davam tão bem. talvez seja só impressão, mas me passaram verdade com as interpretações heh

07) COMFORT SHOW – sua série conforto
– Hart of Dixie. Pena que acabou também. Adorava acompanhar a Zoe e a turma toda. Quem me indica uma série nesse estilo pra me consolar? 🙂

06) I QUIT – uma série que você desistiu
– The Vampire Diaries. Estava aguentando, sabe? Mas depois da solução que deram pra saída da Nina Dobrev, eu desisti… e olha que foi meu seriado favorito por um bom tempo.

05) GELADEIRA – a próxima série que quero assistir
– Battlestar Glactica. Me recomendaram como a melhor série sci-fi ever, vamos ver se tampa parte do buraquinho que Fringe deixou no meu coraçãozinho…

04) QUOTE ON REPEAT – quote que nunca esqueceu
“I remember everything”, do episódio 3×22, “The Anti-Prom”, de Dawson’s Creek
Se você não se incomodar com um eventual estrago (spoiler), eu explico a cena: o Dawson propôs fazerem uma formatura paralela porque a Joey estava boicotando a oficial, pois ele queria muito dançar com ela e eles tinha prometido que iriam juntos se não estivessem namorando ninguém. Porém, a Joey está apaixonada pelo Pacey (e ele por ela), só não estão juntos em respeito ao Dawson. Na festa, A Joey e o Pacey acabam dançando juntos e ele comenta que o brinco que ela está usando (emprestado da mãe do Dawson) não tem nada a ver com ela, essa é a deixa pra esse diálogo lindo entre eles:

Pacey: See this? This is you. It’s not showy or gaudy. It’s simple. Elegant. Beautiful.
Joey: It’s my mom’s bracelet.
Pacey: I know.
Joey: How do you know?
Pacey: Well, because you told me. Six months ago. You were wearing that blue sweater with the snowflakes that you have. You were walking down the hallway at school. I was annoying you as per usual. You said, “Look, Pacey, I just found my mother’s bracelet this morning, so why don’t you cut me some slack?”
Joey: You remember that?
Pacey: I remember everything.


<3 <3 <3

03) SHIP IT – 3 ships pra nunca esquecer
Joey & Pacey, de Dawson’s Creek. Porque eles são true love. Porque o sentimento que cresce entre eles

Liv & Peter, de Fringe. Não consigo nem descrever o que sinto por esses dois, em como é incrível tudo que é construído ao longo da série.

(sim, dois dos meus três ships favoritos tem o Joshua Jackson participando <3 me deixem)

Monica & Chandler, de Friends. Sabe aquele casal improvável de você gostar mas que você adora? Então.

02) BEST CHARACTERS – 3 personagens icônicos
Christina Yang, de Grey’s Anatomy. Que falta que ela faz…

Sheldon Cooper, de The Big Bang Theory. Ok, eu também gostava mais dele nas primeiras temporadas, mas os trejeitos e até mesmo a inocência que ele tem me cativam. Aliás, o namorado se diverte comigo cantando a música de abertura de TBBT XD

Walter Bishop, de Fringe. O cara é simplesmente sensacional (o ator também). Assistam que juro que vocês vão entender.

01) WATCHING IT – 3 séries do momento
Chicago Fire. Estou no meio da terceira temporada e tenho gostado muito!
MasterChef Brasil. Adoro do fundo do coração!
Hum, não to vendo mais nenhuma além dessas… só as que voltarão em outubro, pode ser? Então vai: The Affair (mais uma com o Josh, gosto pouco heh)

Créditos pelos gifs sensacionais, na ordem em que apareceram: 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14
Sim eu sei que enchi o post de gifs de Fringe me deixem.

Vou deixar as indicações em aberto, mas eu gostaria muito de ler as respostas da Patthy e da Taty (que assistem vários seriados também), topam?
E vocês? Se fossem responder essa tag, quais seriam seus escolhidos?

EDIT – 11/09
Dona Patthycya e seu Gerson tbm fizeram a tag 🙂