Browsing Category

Literatura

Cinema & TV, Diário, Literatura

Diário do Desemprego: mês 1

(também conhecido por: “que diabos tô fazendo da minha vida?”)

Como contei nesse post, fui demitida em janeiro de uma empresa na qual eu trabalhava há quase 6 anos. Depois do baque inicial e das mini-férias, veio o desespero… é muito o que a Fabi escreveu no maravilhoso guia Ovelha para a recém desempregada: são etapas bem loucas, instáveis, eufóricas e deprês. Inclusive, foco para esse trecho do link anterior que define bem o sentimento em alguns momentos:

“Ser demitida não implica só estar desempregada, com medo de não ter grana para continuar pagando seu aluguel, nem estabilidade para fazer quaisquer planos a longo prazo (embora essas preocupações sejam constantes). Implica também em lidar com um certo tipo de rejeição, com desacreditar na sua competência e ter sua auto-estima duvidada.(Fabi Oda, grifo meu)

Tudo vai ficar bem, só estou um pouco emotiva

Continue Reading

Literatura, Viagem

O lado não tão romântico de viajar sozinha

Quando mais nova, eu nem imaginava o mundão que existia fora do quintal da minha casa. Passar 9 horas dentro de um avião para conhecer o Velho Mundo? Nem em sonhos. Botar minhas coisinhas dentro de uma mini-mala e viajar sozinha pra outro país? Qué isso, tá doido? Mas não tem como negar que sou da tal geração Y, que aprendeu com a globalização a ignorar a barreira da distância e da língua e que com a internet como arma poderosa entendeu que viajar não precisa ser sinônimo de ficar em um hotel 5 estrelas da Champs Elysèes ou contratar uma excursão da terceira  idade para ~conhecer~6 países em 10 dias. Por esse motivo que, no final das contas, nosso sonho de independência tem tido muito mais a ver com botar uma mochila nas costas e conhecer o mundo do que se comprar uma casa, se estabelecer  profissionalmente e ter uma poupança rechonchuda para curtir na aposentadoria. E eu não sou tão diferente assim desse clichê: viajar é uma delícia. Mas como já disse em outras oportunidades, voltar para casa é uma delícia também. (acho que esse devia ser o slogan dos meus posts sobre viagem, viu?)

Continue Reading

Literatura

Leituras de 2016

Passaram bem a virada do ano? Pra mim foi bem tranquilo, como tem sido nos últimos anos. Mas devo dizer que poderia ter sido mais tranquilo ainda se eu “pudesse” ter ficado deitadinha na minha cama de pijama vendo seriados. Aliás, objetivo de vida pro próximo 31/12, hein? 😛

Eu gostaria de dizer que pretendo manter esse post como uma tradição de final/começo de ano mas dá até medo que falando isso ele deixe de existir. Então vamos apenas aproveitar os dois anos seguidos em que compartilho com vocês minha lista de lidos do ano que está no fim, ok? 🙂

Libraria Mas Puro Verso - Montevideo, uruguay

Libraría Más Puro Verso, que fica na Ciudad Vieja, em Montevideo (Uruguay). Uma das livrarias mais lindas que já tive a oportunidade de visitar! (aguardem posts)

Termino 2016 com 27 livros lidos (pouco mais de dois por mês, minha média mesmo) e 5 em andamento:

Continue Reading

Diário, Literatura

Vamos falar da Bienal do Livro de São Paulo?

E aconteceu entre nas últimas semanas  a 24ª edição Bienal do Livro de São Paulo. Trata-se de um evento organizado pela Câmara Brasileira do Livros desde 1970 que reúne um mundo de editoras e autores independentes expondo seus trabalhos para um público geralmente gigantesco (para esse ano espera-se de cerca de 700 mil visitantes). É uma delícia para quem é amante da leitura, como eu.
De minha parte, eu já havia ido em duas outras edições (2010 e 2014) mas a deste ano teve todo um gostinho especial para mim porque agora estou cada vez mais inserida nesse mundo, querendo conhecer cada dia mais um pouco do mundo da literatura (POR FAVOR, EDITORAS, ME CONTRATEM!).

Continue Reading

Diário, Etecétera, Literatura

O melhor de Junho e Julho

Eu JURO que eu não queria fazer esse tipo de post a cada dois meses mas o BeLivs teve tão poucas atualizações que não vi motivos para fazer numa frequência maior (ao menos for now).

Meu final de semana passado foi bastante complicado. Tudo começou na sexta enquanto me revezava assistindo a abertura das Olimpíadas e o primeiro episódio de Stranger Things. Senti uma dor terrível que depois identifiquei como cólica intestinal… foda. Passei a noite sofrendo e meu sábado foi ~de rei~, se é que me entendem . Só sei que agora não vai dar pra fugir: preciso marcar um gastro…

Mas, enfim, passou. E aconteceram tantas coisas gostosas nesses últimos meses que não sei nem por onde começar…

Continue Reading