Browsing Category

TAG & Meme

TAG & Meme

TAG: Liebster Awards

Fui indicada pra responder essa tag pela Luh e me bateu uma nostalgia das grandes: tenho certeza de que já fiz quando tinha o Ma-Cherie mas muita coisa muda, né?

E gostaria aproveitar pra dizer que esse é o post número 100 do BeLivs com domínio próprio. Que orgulho, gente!

Fica o aviso de que este é um post gigante, tá? Super vou entender se vocês só comentarem “seu blog é lindo, passa no meu?”. SÓ QUE NÃO! =B

Regras da TAG:
– Escreva 11 fatos sobre você.
– Responda as perguntas de quem te indicou.
– Indique 11 blogs com menos de 200 seguidores.
– Faça 11 perguntas para quem indicar responder.
– Coloque a imagem que mostre o selo Liebster Awards.
– Linkar quem te indicou.

Liebster Award: discover new blogs!

11 fatos sobre mim

1) Quando criança, nunca saia na rua pra brincar. Sou filha única, então não tinha ninguém pra me levar pra rua e nunca me empolguei em conhecer a criançadinha. Sim, sou “meio” antissocial e avessa à interação social desde pequena, então preferia ficar em casa, criando um mundo imaginário com minhas Barbies e brindes do Kinder Ovo. Era engraçado porque eu gostava muito mais de organizar o ~cenário~ e imaginar a história do que realmente colocar as Barbies pra ~atuarem~ 😉

Uma cena típica: eu, na casa de uma das minhas avós, concentradíssima no meu próprio mundinho

Uma cena típica: eu, na casa de uma das minhas avós, concentradíssima no meu próprio mundinho heh

2) Aprendi a ler com uma revista em quadrinhos da Magali. Minha mãe sempre lia pra mim, fui meio que “decorando” as palavras e quando menos percebi estava conseguindo ler de fato. A história em questão chamava “Magali e Mingau em: um dia de chuva” e acabei de descobrir que tem uma versão em desenho animado dela <3

Coleção de revistas da Turma da Mônica com a Coca-Cola

Coleção de revistas da Turma da Mônica com a Coca-Cola (fonte)

3) De tempos em tempos sofro com paralisia do sono. Nunca fui atrás pra ser diagnosticada, mas pelas descrições é isso aí. Mas, QUÉIÇO? Explicando esdruxulamente, é quando sua mente acorda antes do seu corpo e você não consegue se mover… geralmente é associado à presença de alguém perto de você (que não está ali na realidade). A primeira vez que aconteceu eu estava dormindo de tarde, na sala, e assustei muito, foi aterrorizante. Demorou muito tempo pra eu ter de novo (uns 8 anos) mas agora tenho com mais frequência (a cada dois ou três meses). Imagino que seja porque ando mais cansada… o último episódio aconteceu num cochilo durante o Super Bowl e eu acho que assustei o namorado =B
Links interessantes sobre o tema: Mundo Estranho e WikiHow

4) Aliás, falando nisso, eu sou constantemente zoada pelos meus amigos porque durmo cedo e sinto sono demais e isso é verdade mesmo. Mas recentemente descobri que tenho um nódulo na tireoide que está mexendo com algumas funções do meu corpo, dentre elas, vejam só, o sono. É mais forte do que eu! Às vezes estou conversando com a Kátia de madrugada sobre algum assunto interessante/engraçado/importante e, do nada, cochilo. Ela já até acostumou. Dificilmente consigo ficar acordada até mais de 23h (e meu horário ~padrão~ de dormir é às 22h – e olhe lá).

5) Sempre tive dificuldade em manter amizades, em parte por eu ser meio-antissocial e em parte por preguiça. No final das contas, se vejo que não é recíproco, não me esforço MESMO. Como sou bem desligada e detesto cobranças, não sou aquele tipo de amiga que vai mandar mensagem todo dia e conversar o tempo todo. Por isso que amizades virtuais são quase sempre minha melhor saída. Tem gente que conheço nesse mundo blogueiro há uns 10 anos e ainda tenho contato. Já ~desvirtualizei~ algumas pessoas mas ainda faltam taaaantas…

Aquele em que nós nos conhecemos pessoalmente

Aquele em que nós nos conhecemos pessoalmente *-*

6) Aliás, essa tecnologia toda veio pra melhorar (e muito) a minha vida. Sou o tipo de pessoa que prefere comprar uma garrafa de água em uma vending machine pra não interagir com a tia da lanchonete e que pega a fila do caixa de auto-serviço do supermercado mesmo que ela esteja maior. Aliás, orgulhinho: só tinha usado caixa assim em Londres e há uns 6 meses o supermercado perto de casa implementou o sistema também. Boa é pioneiro, veja só =B (tá, eu sei que em vários outros estabelecimentos também já tinha, mas achei o máximo ter tão “perto” assim de mim)

7) E falando em mercado, sou bastante mão de vaca nessa vida, mas comida é algo que procuro não economizar. Gosto da minha geleia sem açúcar que custa mais caro do que a normal e prefiro pagar mais por um requeijão que não tenha amido assim como de vez em quando me dou de presente um jantarzinho no Outback ou Brunholi Express, porque eu mereço. E, claro: um vinhozinho de até uns R$20 não é luxo, é necessidade =B

8) Ah! Sobre minhas saídas, só fui pra balada uma vez na vida, não acho que faça muito meu estilo, mas talvez tentasse ir de novo (em outra, pois a que eu fui era a Glow in the Dark e no me gusta me pintar toda e ficar sujinha). Já shows, fui em pouquíssimos mas gosto demais! Em 2014 foi incrível ter podido ir no Lollapalooza e vivido toda aquela vibe que só um festival tem (e, claro, conhecer a Patthy). Meu próximo show da lista será Iron Maiden mas eu sonho mesmo é com uma apresentação do Whitesnake com a voz maravilhosa do David fucking awesome Coverdale *-*

Lollapalooza 2014, minha foto favorita do festival todinho!

Lollapalooza 2014, minha foto favorita do festival todinho!

9) Ainda falando sobre o festival, lembro sempre da GG falando que tinha medo que eu visse algum grilo/gafanhoto/louva-a-deus e saísse correndo no meio da multidão =B eu explico: morro de medo desses bichos. Deusolivreguarde! Um dia, inclusive, pisei em um gafanhoto (que já estava morto) na fábrica e passei tão mal que fui chorar no banheiro. Me arrepiei toda, senti calafrios, foi horrível. É, fobia não dá pra explicar, não é mesmo?

10) Sei que uma boa parte das pessoas tem medo de palhaços, eu também não gosto, porém meu pavor mesmo é de espantalhos. Lembro até hoje de um episódio de Supernatural com um espantalho que me amedrontou MUITO. Imagina só você estar passeando calmamente por um milharal, ver um espantalho, virar o rosto e quando olhar de novo ele não estar mais lá? Eu, hein. Caio dura, certeza.

11) Ainda gosto muito, mas já fui bem mais viciada em seriados, chegando a assistir quase uma temporada inteira de Dawson’s Creek em um único dia (foram 17 episódios de 42min cada, umas 12h vendo direto). Eu não tenho paciência de assistir filmes (meu tempo de atenção é curto, gente) então seriados são sempre minhas melhores alternativas. Quando eu era mais nova, me via nas histórias, ao mesmo tempo em que assisti-las era minha forma de viver uma parte da adolescência que não vivi, sabe? Não sei se tô viajando ou se mais alguém se sente assim /diferentona, mas é isso.

Respondendo as 11 perguntas da Luh

1) Se você pudesse abraçar um personagem (de livro, filme ou série), qual seria? Olivia Dunhan, de Fringe. Ela passa por muuuita coisa e sinto uma vontade gigante de dar um abraço nela e dizer que tudo vai ficar bem, entende?

2) Qual o tipo de passeio que você mais gosta de fazer? Algum que envolva comida! =B (sério)

3) Se você pudesse escolher o país em que nasceu, qual escolheria? Por quê? Imaginaterre AHAHHA porque lá tem isolamento acústico e a princesa é super mulher empoderada XD

4) Qual a música que mais tem grudado na sua cabeça recentemente? “Quando Bate Aquela Saudade”, do Rubel (uma das poucas músicas nacionais que ouço hoje).

5) Qual a sua comida favorita? E bebida? Nossa, que difícil! Talvez comida seja a polenta da minha vó Nena e bebida seja Laracreme (serião, se forem pra Limeira, deem um pulo no Lanchão e experimentem).

6) Se você só pudesse guardar uma foto, qual seria? Essa daqui, do meu primeiro aniversário. Tal qual a Patthy, era difïcil ter uma foto em que aparecíamos nós três. Gosto da alegria dessa 🙂

Foto do meu primeiro aniversário cujo tema foi

Foto do meu primeiro aniversário cujo tema foi “Moranguinho e sua turma” <3

7) Qual é a sua lembrança favorita da infância? Passar tardes maravilhosas na casa das minhas avós e ver meu avô tratando os passarinhos no quintal <3

8) Se você ganhasse na loteria, o que faria? Colocaria tudo na poupança. Se fosse uma boa grana, viveria de juros (e viajaria muito).

9) Qual instrumento musical você sabe tocar ou gostaria de aprender? Não sei tocar nenhum mas sempre achei piano incrível!

10) Qual presente mais te marcou na vida? Meu Super Nintendo no Natal de 1995. Eu sempre jogava na casa de uma amiguinha mas ela parou de me chamar pra ir lá (acho que brigamos) e pedi pros meus pais um vídeo-game. Mal pude acreditar quando, de fato, ganhei, porque era algo caro e não tínhamos um alto poder aquisitivo. Joguei muito, muito mesmo, e tenho ele até hoje (ainda que não funcione mais).

11) Se você fosse escrever um livro (ou fazer um filme/seriado, ou gravar um cd), sobre o que seria? E que nome teria? Seria sobre minha vida porque sou egocêntrica heh Não, falando sério, eu super escreveria um romance erótico com um enredo que não se resumisse à submissão e não terminasse em casamento/filhos. O nome? Ixi, alguma sugestão.

Indicados e minhas 11 perguntas

Confesso que não olhei os seguidores, apenas segui meu coração. Pessoal, se você já tiverem sido indicados, relaxem, tá? 😉 Mas pensei em vocês: PolyAdrielRenatinhaLulyMilenaIsabeleAna CarôSimone, BiaKátia.

1) O que você odeia e todo mundo gosta?
2) E o que você gosta e todo mundo odeia?
3) Qual você acha que é a pior mania que alguém poderia ter?
4) Qual a qualidade mais incrível que você acredita que alguém pode ter?
5) E o defeito mais lastimável?
6) Se pudesse ser um animal, qual seria?
7) Qual música escolheria pra tocar no seu velório? (nossa, que mórbido!)
8) Qual a faculdade dos seus sonhos? Se não é a que cursa/cursou, pensa ainda em fazer?
9) Teve algum trauma de infância? Me conta!
10) Qual a explicação pro nome do seu blog?
11) E a sua citação favorita, qual é? E de onde ela é?

E aí, aguentaram chegar até aqui? Quero saber o que temos em comum!

Deem um pulinho no blog das demais do #bandilouca porque elas também responderam: Miniature Disasters (Luh), Imaginatif (Patthy) e Enfim Veremos (Taty).

Um beijo!

TAG & Meme, Viagem

TAG: Bloggers Out & About

Fui indicada para responder essa tag pela linda da Kah <3 Faz parte de um projeto do grupo Bloggers Out & About (já pedi pra entrar, licença). Como essa tag fala sobre viagens, não poderia me recusar a responder. Me descobri apaixonada por viagens. Adoro botar uma mochila nas costas e sair por aí (mesmo que seja pra ir só até Limeira). Aliás, ouso dizer que se eu tivesse grana suficiente, passaria uns 9 meses do ano viajando, viu? Eita coisa gostosa!

Londres - meu lugar favorito

Meu lugar favorito <3

Mas chega de enrolar… Vamos às perguntas?

1. Onde você nasceu? Jundiaí, SP. Minha cidade fica relativamente próxima à capital e pertinho de Campinas também. Gosto bastante daqui, viu?

2. Onde você mora hoje? No mesmo lugar em que nasci! Tal qual a Kah, nunca nem mudei de casa 😛

3. Qual foi o destino da sua última viagem? Viajo quase todo final de semana pra casa do namorado, vale? Mas viagem mais longa, fora Limeira e Praia Grande (onde meus pais praticamente moram), foi Itajubá, MG, pro casamento de um amigo do trabalho. Até fiz post contando sobre as belezas e a simplicidade que vi por lá

Minas Gerais - Sentar num banquinho e ver a vida passar...

Sentar num banquinho e ver a vida passar…

4. Qual é o destino da sua próxima viagem? Provavelmente a próxima será para São Paulo, pro #bandiloucameeting *-* Ansiosa é pouco pra descrever. Aliás, leitores paulistanos, seus lindos: dicas de barzinhos e baladas, cadê?

5. Qual foi sua melhor viagem? Com certeza a viagem pra Europa em maio de 2015 (é sobre ela que estou postando). Eu nunca tinha ido tão longe assim, nunca tinha posto os pés fora do país. Foi incrível chegar no aeroporto de Lisboa e ouvir o namorado dizer: “inspira e aproveita: você está respirando o ar da Europa” <3 A companhia dele também foi essencial pra fazer de tudo ainda mais inesquecível, obrigada, Dan <3

6. Qual o lugar mais bonito que já visitou? Apesar de não ter gostado tanto da cidade como deveria, não posso negar que Paris tem lugares lindos. A visão da Torre Eiffel aparecendo entre as árvores e prédios com certeza ganha como a cena mais marcante e bonita da viagem (apesar de eu ser todinha Londres, tá?).

Paris - Torre Eiffel

É disso que tô falando *-*

7. Que lugar você quer muito visitar? Assim de bate e pronto me veio à cabeça Berlim e Munique. Leio maravilhas sobre a Alemanha por essa internet a fora, sem contar que trabalho em uma multinacional alemã, então tenho bastante contato com o pessoal de lá e fico sempre boquiaberta quando penso por tudo que eles passaram e o que são hoje. Pago pau mesmo!

8. Qual lugar você não tem tanta vontade assim de conhecer? Essa é fácil: Estados Unidos. Obviamente eu piraria nas farmácias, mercados e etecétera, mas prefiro muito mais visitar o velho continente ou nossos vizinhos sul-americanos (um dia ainda vou pro Chile, vocês vão ver!). O único lugar que me enche os olhos quando penso em visitar é Wilmington, na Carolina do Norte por motivos de: Capeside <3 (não entendeu? foi nessa cidade que foram gravadas boa parte das cenas de Dawson’s Creek, um dos seriados que mais me marcaram nessa vida).

9. Onde você gostaria de estar agora? Correndo às margens do Rio Tâmisa enquanto o fraco sol londrino me aquece suavemente em um dia de inverno…

10. Onde é o seu “lar”, o lugar que você se sente mais feliz? E por quê? Nossa, acho que ainda não achei meu lugar no mundo… sinto que Jundiaí é pequena demais pra mim mas ao mesmo tempo é aqui que está a maioria das pessoas que amo (e minhas gatas, claro). No final das contas acredito naquela premissa de que “lar é o lugar onde seu coração está”… enrolei, enrolei e não falei nada, né? Mas se hoje eu tivesse que arriscar, eu apostaria minhas fichas que a Terra da Rainha é o mais perto do paraíso que eu posso chegar em vida…

Já decidi que quando estiver triste ou chateada vou revisitar esse post e ver o tanto de coisa linda que viajar já me proporcionou!

Eu indico pra responder os seguintes blogueiros: Taty, Adriel, Poly, Ana Carô e Camila. Mas, ó, lembrando sempre que vou adorar ler as respostas de vocês nos comentários mesmo, viu?

Um beijo!

TAG & Meme

TAG: Minhas 7 sensações favoritas

Já tinha visto um meme parecido respondido no blog da Thay e uma mention no Twitter me fez ver que a Chell tinha me indicado para respondê-lo também, ownti <3

Em um momento em que não temos mais tempo pra nada, parar e pensar no que nos faz bem, vejam só, me fez bem demais. Então nada mais justo do que compartilhar com vocês, certo?

1. Ouvir minhas músicas favoritas no rádio

Acho que a sensação de bem estar é devido à época em que pra poder ouvi-las a hora que eu quisesse, eu tinha que ficar plantada do lado do aparelho com o dedinho no REC, só esperando a música tocar pra eu gravar em uma fita K7… vida dura, né? XD Não que dar dois cliques em um arquivo mp3 não seja mais prático, mas eu gosto da sensação de saber que todos que estão ouvindo a rádio também estão ouvindo a ~minha~ música.

2. Sentir o ronronar da Nina quando eu a carrego

Melhor coisa do mundo quando seu gato ronrona pra você <3 Sei que há controvérsias, mas não consigo deixar de pensar que quando um felino ronrona é porque ele está feliz, satisfeito. Isso sem contar que é sonífero, né? rs fico relaxadíssima quando ouço o ronquinho gostoso dela em cima de mim…

ops, gif errado 😛 (fonte)

3. Ver meu ship ficando junto em um seriado

Cêis não tem noção da minha alegria quando um casal que eu gosto se pega de vez em algum dos meus seriados. Tipo quando finalmente rola Peter e Olivia (“you belong with me”) e quando o Pacey pára o carro e tasca um beijo na Joey (“you can’t say something like that to me and expect me not to kiss you, so that’s exactly what I’m gonna do”). É muita alegria pro meu coraçãozinho shipper <3

4. Fazer a mala pra viajar

Planejar uma viagem é incrível, a viagem propriamente dita também é, mas gosto muito de quando estou colocando tudo que preciso dentro de uma mala e sabendo que só aquilo vai me acompanhar pelos próximos dias. Só fiz uma viagem longa até hoje, mas mesmo que sejam só as minhas idas pra Limeira na casa do namorado, eu gosto da sensação de ter comigo (quase) tudo que preciso.

5. Terminar um livro que estou gostando muito

Eu sei que tem gente que fica com dó de terminar a leitura quando gosta muito dos personagens, mas eu fico é ansiosa pra terminar e ver se tudo se encaminhará pro final que imaginei. Eu vou carregar as impressões que tive da história pra vida toda, então não tenho dó de terminar, não! Pelo contrário: me dá aquela sensação de dever cumprido (sim, Sheldon, eu te entendo).

6. Cheiro de comida no ar, principalmente tempero

Eu sou MUITO comilona. Mando bem mesmo. E cozinho satisfatoriamente também, viu? Mas o cheiro que gosto mesmo não é de quando eu estou cozinhando, mas o que sinto quando minha vó está preparando o tempero da polenta e de quando minha mãe está fazendo arroz e frita alho e cebola. Aliás, AMO cebola (coitado do Daniel)! Hummm, deu água na boca já!
Aliás, outro cheiro que amo: café! Eita, que delícia acordar e sentir esse cheirinho no ar…

7. Tomar um banho bem gostoso quando chego em casa cansada

Eu adoro banho (se pudesse, tomaria uns 4 por dia). Mas o momento do banho não é somente pra me limpar fisicamente… gosto de usar o tempo que estou embaixo do chuveiro pra ouvir músicas bacanas e, principalmente, refletir. Fora isso, adoro produtinhos pra usar debaixo do chuveiro… se tiver cheirinho cítrico então, meu Deus do céu *-*

E aí, temos algo em comum? Preciso parar mais vezes e pensar nesse tipo de coisa porque se a vida tá difícil, fazendo isso a gente consegue ver o lado bom de tudo, não é mesmo?

Um beijo!

TAG & Meme

TAG: Se eu fosse…

Bom, vocês sabem que eu ADORO tags memes e coisas nesse naipe, né? Acho que é uma forma ótimo de conhecer melhor o blogueiro além de ser um post tapa-buraco. Quando a Taty disse que ia postar essa tag, não aguentei 🙂 Consiste basicamente em completar as frases propostas, certo? Bora lá!

Keep dreaming

Keep dreaming (fonte)

  1. Se eu fosse um mês: setembro. Geralmente coisas boas me acontecem nesse mês, adoro o clima! (e sempre lembro dessa música do Daughtry que é minha preferida do álbum Leave This Town)
  2. Se eu fosse um dia da semana: sábado. É o único dia da semana que não tenho hora pra acordar (se bem que geralmente acordo antes das 7h, não tem jeito).
  3. Se eu fosse uma hora do dia: 21h, geralmente é quando já estou na minha cama vendo o seriado da vez 😉
  4. Se eu fosse uma estação do ano: inverno, sem dúvida alguma! Sou muito calorenta, então sofro demais no verão…
  5. Se eu fosse um planeta: Saturno, atóron anéis =B
  6. Se eu fosse uma direção: em frente, sempre.
  7. Se eu fosse um móvel: seria uma cama bem confortável…
  8. Se eu fosse um pecado: gula, porque poucas coisas na vida são tão boas quanto comer uma refeição gostosa.
  9. Se eu fosse um sentido: visão. Irônico, né?
  10. Se eu fosse uma pedra: kriptonita vermelha! (pro Clark ficar todo saidinho)
  11. Se eu fosse uma planta: arruda AHAHA (pode rir, Dan!) acho linda e cheirosíssima!
  12. Se eu fosse uma flor: hortênsia, me traz lembranças muito boas (my bad: jurava que era “hortência” mas depois de um comentário, vi que com “c” é a jogadora de basquete e com “s” é a flor heh)
  13. Se eu fosse um clima: oceânico sim, porque é o predominante em Londres, me deixem
  14. Se eu fosse um prato: cheesecake de Nutella. Delicioso, calórico, de dar água na boca
  15. Se eu fosse um instrumento musical: guitarra! e faria solos incríveis, just saying =P
  16. Se eu fosse um elemento: água (não vale “coração”? heh)
  17. Se eu fosse uma cor: azul-bic, minha cor de esmalte favorita.
  18. Se eu fosse um animal: eu poderia dizer gato, que é o bichinho que mais amo no mundo, mas queria mesmo era ser um passarinho…
  19. Se eu fosse um som: chuva (sim, a Taty também respondeu isso), não tem jeito, adoro! mas sem trovões, pf
  20. Se eu fosse uma música: “To Be With You”, do Mr. Big.
  21. Se eu fosse um sentimento: conquista, quando você finalmente alcança algo que queria muito.
  22. Se eu fosse um lugar: Londres <3 meu coração até chora quando penso na vontade que tenho de morar nesse cantinho do mundo.
  23. Se eu fosse um sabor: picante. Adoro uma pimentinha!
  24. Se eu fosse uma palavra: idéia, assim, com acento mesmo.
  25. Se eu fosse uma parte do meu corpo: pernas, minha parte preferida em mim mesma!
  26. Se eu fosse um número: 3, sem grandes explicações.
  27. Se eu fosse um símbolo: ? (ponto de interrogação) porque adoro uma boa pergunta e acho que são as dúvidas que movem o mundo .
  28. Se eu fosse um livro: “O Diário de Bridget Jones”, muito me identifico!
  29. Se eu fosse um filme: “Um Lugar Chamado Notting Hill” porque, né, Hugh Grant, Julia Roberts, uma livraria e Londres <3

E aí? Temos algo em comum? Se vocês responderem, me avisem pra eu ler suas respostas também.

Um beijo!

TAG & Meme

O meme dos últimos

Vi essa tag no blog da Isa e como não nego meu gosto por tags memes, cá estou!

Bem simples, fácil e indolor: basta responder dizendo qual a última coisa que fez/comeu/whatever, de acordo com cada uma das perguntas. Bora lá?

A última série que você viu: Chicago PD. E devo dizer que é tudo culpa da Taty: por indicação dela comecei a ver Chicago Fire e agora que já alcancei a série, decidi ver Chicago PD, uma série “derivada” de Chicago Fire (que se passa no corpo de bombeiros, enquanto PD se passa no departamento de polícia).
O último filme que você viu: Star Wars Episódio III: A Vingança dos Sith. Durante o último feriadão terminamos de ver Star Wars. Poderia dizer que estou pronta para o episódio VII, mas antes quero rever a primeira trilogia pra amarrar todas as pontas soltas.
A última pessoa que você viu: a estagiária do meu setor.
A última música que ouviu: “Everything”, Lifehouse, na versão studio. Um sonho: dançar essa música com Clark Kent na minha junior prom.
A última roupa que usou: antes da que estou agora? pijama =B
A última coisa que comeu: pão de milho com margarina e chá de carqueja (gosto horrível, mas meu sistema digestivo frágil agradece)
O último doce que comeu: beijinho de colher que fiz ontem, tava delicioso, btw.
A última conversa no Whatsapp: Kátia, sempre ela! heh me contando que comeu os mini-pães-de-queijo do Terminal Bandeira que eu tanto gosto.
A última viagem: vale Limeira? heh fui pra lá no final de semana retrasado.
A última paixão: a música “The Wolf” de Mumford & Sons. Não sai da minha cabeça!
A última frase: “Esse é o livro do qual te falei!” (estava mostrando o livro “Vida Organizada” pra um colega de trabalho)
A última ligação: namorado, ontem de noite (o que é um milagre porque ODEIO telefone)
O último blog visitado: que vergonha, nem consigo me lembrar de tão ausente que tô!
A última aba do navegador: 89 FM Radio Rock
O último esmalte: acredita que tô sem nenhum há duas semanas? O último foi o Bleu Fabuleux da Boujoirs.
O último livro: concluído foi “À Procura de Audrey”, da Sophie Kinsella (não gostei)
A última coisa que bebeu: chá de carqueja (ewc).

A última foto do meu Instagram com meus últimos livros comprados

A última foto do meu Instagram com meus últimos livros comprados

Vou deixar indicada a Taty porque eu sei que ela adora esse tipo de tag mas se mais alguém fizer, me avise que vou lá ver! 🙂
Uma ótima semana pra todos vocês!